Notice: Undefined variable: base in /var/abrasel.com.br/revista/site/templates/head.inc on line 54

Espaços resgatam história da capital paranaense em detalhes arquitetônicos enquanto abrigam boa gastronomia

Construções centenárias e prédios históricos de Curitiba ganham destaque no cenário gastronômico. A capital paranaense tem diversos bares e restaurantes funcionando em espaços que, por si só, resgatam a memória da cidade. Aliados a boa cozinha, tornam-se pontos turísticos dignos de serem visitados. Conheça cinco espaços em Curitiba que combinam boa gastronomia e história:

Lupita Bistrô Bar: O bistrô está localizado em um dos mais conhecidos prédios da cidade: o Edifício Anita. Construído em 1950, o imóvel alia toques modernistas e de art déco e foi nomeado em homenagem à esposa do jornalista Frederico Faria de Oliveira, dono do imóvel. Localizado em região central, chama atenção pela fachada coberta de trepadeiras e por ter uma casinha em seu topo. O Lupita aproveita essa ambientação charmosa para oferecer uma gastronomia variada, de porções como o Bolinho de bacalhau com maionese trufada até pratos como a feijoada, servida aos sábados. Destaque para a seleção de vinhos da casa. O Lupita fica na Al. Dr. Carlos de Carvalho (nº 15) e funciona de segunda a quinta, das 9h às 23h, e nas sextas e sábados, das 9h à meia-noite. Mais informações no Instagram: @lupitabistrobar.

Lupita - Fachada - por Nakayana

Ninna Cozinha: O mais novo empreendimento gastronômico da cidade está localizado em um casarão centenário. A novidade tem uma proposta de abarcar delícias do café da manhã até o jantar, equilibrando pedidas como Brioche com patê de fígado de galinha, cogumelos, ovo perfeito, espuma de Grana padano e bacon, até Nhoque de batata com molho bolonhesa e espuma umami, quinoa crocante e tomatinho seco. O restaurante faz parte do Grupo Obst., levando a assinatura do premiado chef Lênin Palhano e de seu sócio, Marcelo Vaz. A estrutura original da casa é mantida e celebrada em detalhes como amplas janelas que favorecem a luz natural do dia e até parte do piso antigo em disposição no ambiente. O Ninna Cozinha funciona na R. Desembargador Motta (nº 1861), no bairro Batel, de segunda a sábado, das 8h às 23h, e aos domingos, das 9h às 17h. Instagram: @ninna.cozinha.

Ninna Cozinha - Por Estanis Neto

Marbô Gastronomia: O casarão onde funciona a Marbô é uma atração à parte do ambiente, conhecido pelo brunch. O imóvel, conhecido como Casa Belotti, foi considerado Unidade de Interesse de Preservação pela Prefeitura de Curitiba. O design modernista da residência foi projetado em 1953 pelo arquiteto Lolô Cornelsen e chama atenção desde a fachada e entrada com jardim até os salões internos (que recebem exposições de artistas locais) e a área externa. O cardápio variado passa por pedidas como pães artesanais, quiches, grelhados e diversos doces. A Marbô fica na R. Dr. Faivre (nº 621), no Centro, e abre de quarta a domingo, das 11h30 às 16h. Instagram: @marbobakery.

Marbô Gastronomia - foto divulgação Facebook

Café do Paço: A construção de 1916 nos estilos neoclássico e art nouveau abriga hoje um centro cultural e o Café do Paço, café escola do SESC. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, foi restaurado, porém mantendo características originais, da escadaria de madeira, passando pelas salas com janelas altas até a torre que abriga a entrada da cafeteria. A ambientação do espaço em madeira mantém o clima do prédio histórico de forma intimista e aconchegante. O Café do Paço serve diferentes tipos de cafés sofisticados, além de doces e salgados finos. O Café fica na Praça Generoso Marques, no Centro de Curitiba, e abre de terça a sexta-feira, das 11h30 às 20h, e sábados e domingos, das 11h às 16h30.

Paço da Liberdade - por Orlando Kissner - SMCS

Cubano -- El Clásico Sándwich: O Edifício Anita abriga outra pedida gastronômica de peso. O Cubano é dedicado à cozinha latino-americana de rua -- o que combina muito com o ambiente. As mesas na calçada em frente ao prédio, a fachada laranja coberta pelas trepadeiras e o movimento que vai do fim de tarde até a noite dão um charme único ao local. Na cozinha, o sanduíche que dá nome à casa e resgata uma tradição de imigrantes cubanos. Sabores de outros países, como as Arepas venezuelanas e os Elotes (milho grelhado com especiarias) mexicanos, completam as pedidas. O Cubano funciona de terça a sábado, das 17h à meia-noite, e está na Al. Dr. Carlos de Carvalho, 15. Mais informações no Instagram: @cubanocwb.

Cubano - Fachada por Patricia Fregonese

Comentários