Notice: Undefined variable: base in /var/abrasel.com.br/revista/site/templates/head.inc on line 54

A importância da digitalização para o mercado de Foods veio muito antes da pandemia, mas levada em consideração apenas por grandes redes, ou comércios de maior porte ou poder aquisitivo

A pandemia fez com que a aceleração digital do food service fosse algo obrigatório, independente do tamanho do negócio ou a qual classe social ele atende, a digitalização se torna cada vez mais importantes para que as empresas do setor de alimentos permaneçam vivas e lucrativas.

A transformação digital é um termo abrangente usado para implicar as transformações que o mundo digital trouxe para a forma como as empresas operam. São todos processos que podem ser digitalizados no mundo corporativo e que geram impacto nos negócios.

Até o começo do ano de 2020 muitos dos pequenos negócios de alimentação operavam com o mínimo de gestão possível, basicamente tocados no feeling pelos seus donos, que na grande parte das vezes não são empresários/gestores, mas sim pessoas comuns com o sonho de empreender e a acessibilidade do mercado de alimentação por não necessitar grande capital, e equipe, acaba sendo um grande atrativo para começar empreender, o que é a realidade de muitos deliverys Brasil afora.

A digitalização é um exemplo forte. Ela se tornou uma realidade nos últimos anos, mas na pandemia ganhou muito mais relevância em todos os setores, em diferentes classes sociais.

Hoje, em 2022, dificilmente se vê algum estabelecimento que não tem o mínimo de digitalização possível em sua operação, seja com cardápio digital para Delivery, auto atendimento em tablets ou ao menos um PDV em seu balcão para controle das vendas.

Uma outra realidade se comparando com 2019 onde ainda encontrávamos lugares que ainda recebiam pedidos por telefone, faziam todo o controle de sua operação em diversas anotações, como entrada e saída de dinheiro, controle de vendas, estoque e muito mais, na melhor das hipóteses o uso de planilhas para o controle geral.

Por outro lado, assim como todo e qualquer negócio teve que evoluir e se digitalizar, o consumidor também amadureceu e se digitalizou mais, ficando cada vez mais exigente com a forma que ele vai comprar/consumir algo.

A preferência por atendimentos mais ágeis e eficientes provenientes da digitalização caiu no gosto do povo, sem chances de voltar atrás! A facilidade e experiência que foi levada a milhões de pessoas é algo que só tem a crescer cada vez mais.

O acesso à tecnologia está cada vez mais democratizado e hoje todos nós gostamos e queremos resolver nossos problemas, consumir e se comunicar apenas com uma conexão na palma das mãos. Outra grande vantagem da digitalização é que além de segurança e agilidade nos processos, ela nos traz maior conhecimento do cliente, o que possibilita criar estratégias para melhorar experiência do cliente com a marca.

Ao meu ver este é apenas o começo para uma era digitalizada, aprendemos o valor da tecnologia para tornar nossa vida mais fácil, ágil e eficiente. Não importa o tamanho ou mercado do seu negócio, a digitalização está aí para ajudá-lo.

*Gustavo Almeida é CEO e co-fundador da Menu Vip e hoje dedica um pouco do seu tempo criando conteúdo para ajudar novos empreendedores

Comentários