abrasel

Palestra do chef e proprietário Gluton, Nicolau e Nico, todas as casas em MG, abordou dificuldades e soluções para abrir (e manter) negócios no mercado de AFL


Uma das graduações mais bem conceituadas no Brasil é medicina. Mas sonho é sonho e, mesmo depois de se formar médico, Léo Paixão decidiu ir fazer o mais gosta: cozinhar. Atualmente, o chef mineiro é proprietário de três casas em Belo Horizonte e deu dicas no Fórum Gestão à Mesa sobre como integrar a equipe e planejar a dinâmica funcional para empresários do setor.

O chef aproveitou para explicar as dificuldades do setor de gastronomia como o paladar viciado, as novidades gastronômicas e a cautela para conhecer o novo. “O jeito do mineiro é desconfiado. E o que percebo nos meus restaurantes é que muita gente desconhece os pratos. Até explicar todo o conceito, o cliente foi embora e isso não é bom”, resumiu.

Léo também apresentou soluções para esses problemas; a reposta está relacionada à liderança das equipes. “É preciso treinar a equipe. Muitas das vezes o erro vem por falta de informação e não por falta de competência. Por isso, é preciso que exista treinamento, conversas, reuniões, etc. Um bom líder, guia toda a equipe”, afirmou.

Depois de falar a respeito dos problemas e das soluções para abrir um restaurante, Léo Paixão disse que não existe fórmula para começar. “Se você quer algo, vá atrás. Não desista. Um restaurante é um organismo vivo, sempre vai mudar e é preciso saber isso”.

Sobre o Fórum Gestão à Mesa:

Organizado pela Abrasel em parceria com a Fispal Food Service, o Fórum Gestão à Mesa é o maior evento de conhecimento e inteligência em gestão para o setor de alimentação fora do lar no Brasil. O patrocínio é da Cielo, iFood Shop e Closeer. Em 2019, são mais de 25 nomes de peso que conduzem os temas, divididos em três palcos simultâneos: gestão e estratégia de negócio, marketing & digital e tendência e inovação. Os participantes escolhem quais paineis e palestras oferecem os conteúdos mais relevantes para o sucesso de seus negócios. Acompanhe o site e as redes sociais da Abrasel e confira a cobertura em tempo real.

Compartilhe conteúdo do Fórum usando a tag: #FGM2019

Comentários