abrasel

A promessa de refeições gratuitas em bares e restaurantes se tornou a nova estratégia de grupos de golpistas para invadir WhatsApp. Através de inúmeras contas falsificadas e bastante similares aos estabelecimentos originais no Instagram, os suspeitos contactam as possíveis vítimas, alegam que elas foram escolhidas em um sorteio do qual nunca participaram e que teriam direito a refeições gratuitas.

Em troca, para garantir o cadastro, bastaria encaminhar aos suspeitos seis dígitos de confirmação que seriam mandados por eles através mensagem comum. Entretanto, estes números, em realidade, seriam usados para invadir o WhatsApp do suposto sorteado. E a proposta inesperada não passaria de um golpe

Os golpistas se passam por funcionários de sites ou empresas e solicitam um código de ativação para obter direito a ofertas e anúncios. Este código trata-se do número de verificação do WhatsApp. Após encaminhá-lo aos suspeitos, a vítima perde o acesso ao aplicativo de mensagens que ficará em posse dos suspeitos.

Por meio dessa ativação, os criminosos conseguem recuperar conversas do histórico, acessar os números de contatos e cometer crimes de estelionato – entre os mais comuns está aqueles em que o suspeito, se passando pela vítima, entra em contato com amigos e família para pedir dinheiro com urgência

A principal dica para não cair neste tipo de golpe é habilitar a confirmação em duas etapas no WhatsApp. Veja a seguir como realizá-la:

1. Acesse o WhatsApp e clique em “configurações/ajustes”;
2. Logo em seguida, acesse o menu “conta” e “confirmação em duas etapas.

É também recomendado que jamais envie a qualquer pessoa o código de seis números. Aqueles que acabaram caindo no golpe devem imediatamente entrar em contato com o WhatsApp por e-mail solicitando a desativação temporária da conta – o e-mail é: support@whatsapp.com.

Comentários