abrasel

O aplicativo foi co-criado a partir de pesquisas on-line e focus groups focadas nas demandas de restaurantes, entregadores, associações e lideranças do setor

O AppJusto é uma plataforma de delivery cujo modelo de negócio se constrói para atender às principais demandas de restaurantes e entregadores. Se encontra em fase de testes controlados e esforços para cadastrar restaurantes, que já podem participar através do site appjusto.com.br

Entendendo que as taxas altíssimas cobradas dos restaurantes pelas grandes plataformas do setor não se justificam e favorecem os grandes, o AppJusto firma o compromisso de manter a menor taxa possível para custear a operação, que é marketplace e gestão das entregas: inicialmente 5% (+ taxa da operadora financeira).

Em oposição a um sistema de remuneração aos entregadores não transparente e tampouco previsível, a plataforma possibilita a estes prestadores de serviço definir o valor do seu próprio trabalho, bem como não retém nada do valor da entrega.

O AppJusto propõe uma efetiva união entre os elos que compõem a cadeia produtiva, buscando assim estabelecer um círculo virtuoso e sustentável para todos. Aos restaurantes a plataforma sugere que pratiquem preços mais acessíveis, diante de uma menor taxa cobrada pelo aplicativo, beneficiando assim o consumidor final.

Um maior volume de demanda, por sua vez, beneficia restaurantes e entregadores, e o crescimento da base com ganho de escala é o que permitirá reduzir ainda mais a comissão cobrada dos restaurantes. A taxa da operadora financeira Iugu foi negociada coletivamente para também ser reduzida à medida que se dê o aumento de escala, sendo inicialmente de 2,21% + R$0,09 para pagamentos no cartão e 0,99% + R$0,09 para pagamentos em PIX.

Está no cerne do AppJusto o combate à precarização do trabalho dos entregadores. O AppJusto entende que, trabalhando como autônomos, os entregadores devem poder definir o valor que querem cobrar pelo seu trabalho e os consumidores escolherem sob quais condições de entrega realizar seus pedidos. O aplicativo não penaliza entregadores através de um score e nem retém percentual do valor das entregas.

Trata-se de utilizar a tecnologia a serviço das pessoas, por isso a determinação de ter o impacto social como principal objetivo frente ao lucro. O AppJusto traz uma proposta de absoluta transparência, tanto nas regras e preços da plataforma quanto em relação aos dados de seus usuários.

Sempre que consumidores permitirem (em conformidade com a LGPD), restaurantes poderão ter acesso aos dados dos clientes que fizeram pedidos. Além disso, todos os dados que forem de interesse público e respeitarem a privacidade dos usuários serão divulgados.

Co-criação e compromisso

Grande parte das características de funcionamento do AppJusto foram definidas ao longo de 1 ano, num cuidadoso processo de co-construção que considerou as demandas de restaurantes, entregadores, associações e lideranças do setor, bem como de potenciais consumidores.

Somos um marketplace que, a fim de oferecer uma solução completa e eficiente, priorizamos o investimento em tecnologia e suporte. Para manter baixa a taxa de comissão praticada junto aos restaurantes, os gastos com ações de marketing é extremamente modesto, por isso contamos com a participação e parceria dos próprios restaurantes na divulgação do AppJusto.

Orientados pela premissa coletivista, valorizamos um ecossiste ma no qual os restaurantes colaboram se cadastrando, convidando outros restaurantes, atraindo clientes praticando valores menores e, principalmente, incentivando que a realização dos pedidos se dê através da plataforma.

O compromisso do AppJusto em, prioritariamente, oferecer uma alternativa verdadeiramente justa e sustentável a todos os integrantes da plataforma também se revela no fato de que o aplicativo foi estruturado num código fonte livre (https://github.com/appjusto).

Ao escolher uma tecnologia não-proprietária, o AppJusto permite que o próprio ecossistema no qual está inserido "fiscalize" sua atuação, uma vez que a plataforma pode ser reproduzida caso seus usuários não julguem satisfatória sua gestão. Com menores barreiras de entrada há maior concorrência, e quem ganha são os consumidores.

Rodando a última fase de testes controlados em alguns bairros da zona Oeste da cidade de São Paulo, AppJusto está próximo de lançar sua fase BETA, quando estará disponível para o público de toda cidade. O BETA ainda será uma fase de estabilização de tecnologia, operação e suporte, por isso é importante que restaurantes dispostos a ajudar já se cadastrem no site

Comentários