No dia 29 de novembro o Banco Central irá implementar o Saque e o Troco no sistema de pagamento do Pix

Foto: Freepik

O Banco Central irá implementar duas novas modalidades do Pix a partir do dia 29 de novembro. São elas: o Saque e o Troco, no qual será permitido a retirada de dinheiro no comércio ou nos caixas eletrônicos. O limite máximo das transações será de R$ 500 durante o dia e R$ 100 à noite entre 20h às 6 horas da manhã. Caso os estabelecimentos comerciais preferirem poderão optar por um teto menor.

A operação será opcional para o comércio e grátis para os clientes no limite de oito transações por mês. Para o logista que oferecer esse serviço aos seus clientes receberá uma tarifa entre R$ 0,25 a R$ 0,95 por transação, mas isso vai depender da negociação entre o comerciante e o banco.

O Banco Central explica que será a instituição de relacionamento do usuário que fará o pagamento dessa tarifa. Ainda esclarece que o uso do serviço irá ser totalmente gratuito para o cliente final, pessoa física até oito operações por mês.

Na avaliação feita pelo Banco Central, as novas modalidades trazem grandes benefícios. Para os lojistas a oferta do serviço diminuirá os custos dos estabelecimentos com gerenciamento de numerário, relacionados à segurança e aos depósitos, e também traz grande visibilidade para os produtos e serviços dos estabelecimentos. Já para os consumidores, poderão contar com mais alternativas disponibilizadas pelo Pix e com mais opções de acesso ao dinheiro físico quando o desejar.

Pix Saque

O Pix Saque permite que qualquer pessoa cadastrada no novo sistema de pagamentos realize o saque de dinheiro em qualquer ponto comercial ou caixas eletrônicos que ofertarem esse serviço.

“Estabelecimentos comerciais, redes de ATMs compartilhados e participantes do Pix, através de seus ATMs próprios, poderão ofertar o serviço. Para ter acesso aos recursos em espécie, basta que o cliente faça um Pix para o agente de saque, em dinâmica similar à de um Pix normal, a partir da leitura de um QR Code mostrado ao cliente ou a partir do aplicativo do prestador do serviço”, afirmou o Banco Central em nota.

Pix Troco

O Pix é feito pelo valor total, ou seja, compra mais saque. No extrato do cliente aparecerá o valor correspondente ao saque e ao valor da compra, portanto o saque pode ser feito durante pagamento de compras no estabelecimento.

Comentários