Notice: Undefined variable: base in /var/abrasel.com.br/revista/site/templates/head.inc on line 54

Mesmo em tempos digitais, onde as redes sociais são grandes aliadas dos empreendedores, um bom nome funciona como um marketing espontâneo dos melhores

Por Guilherme Paixão

Crédito: Totall Marcas

No momento em que se decide abrir um bar ou restaurante, são inúmeras as decisões a serem tomadas. Entre local, cardápio, funcionários, temática, um dos pontos que também merece ser debatido é como escolher sua marca. Se você já ouviu a expressão “a primeira impressão é a que fica”, não é necessário ressaltar a importância de escolher tanto um bom nome, quanto uma boa identidade visual.

Da mesma forma que um ambiente agradável fará o cliente querer ir ao seu restaurante, um bom nome e uma boa logo serão determinantes para a disseminação do nome do seu restaurante. O nome do seu negócio deve estar associado com o que você quer passar ao cliente. Um bom nome para um bar ou restaurante deve ser claro, atraente, curto, único, e atrelado a tudo isso, fácil de lembrar.

Um nome que consegue juntar todas essas características funciona como um marketing espontâneo dos melhores. Mesmo em tempos digitais onde as redes sociais são as grandes aliadas dos empreendedores, a velha máxima da propaganda boca a boca continua tendo importância.

É vital para o seu restaurante que ele tenha um nome original. Escolher algo autêntico faz muita diferença na hora de ser reconhecido (e não confundido) pelo seu público alvo. É necessário que você tenha em mente a necessidade de ter diferenciais claros dos seus concorrentes. Um nome parecido, além de te associar com outra marca, pode ser considerado
como uma fraude.

Aposte na autenticidade e fuja do obvio, não é apenas uma estratégia jurídica, afinal o marketing pode se aproveitar disso como diferencial do seu estabelecimento. Confie em ideias inovadoras, sempre.

Aqui vai um exemplo em outro tipo de ramo. Imagine que você está procurando uma pousada e encontra uma chamada “Aconchego” durante as suas buscas, fica bem claro o que esperar do local. Outro exemplo é se você viaja para um paraíso tropical e escolhe um hotel chamado Beira-mar, também fica evidente tanto o que o dono quis passar para você, quanto o que você deve esperar do lugar.

Bares e restaurantes funcionam da mesma maneira, se você tem um restaurante que serve comida oriental, pense em um nome que se adeque a isso. Um bar de rock da mesma maneira, escolha algo que remeta ao lugar. Como diz o ditado, “a propaganda é a alma do negócio”, e o primeiro passo é a escolha correta do nome.

Como proteger sua marca

Tão importante quanto ter uma marca com tudo foi dito anteriormente, é conseguir cuidar dela de todas as formas. É necessário que você registre a sua marca, com o objetivo de proteger o nome da sua empresa legalmente. Sediada em Belo Horizonte, a Totall Marcas, é uma empresa que atua justamente nesse ramo, protegendo juridicamente diversas marcas.

“A Totall é uma empresa que desenvolve soluções estratégicas, em uma área do Direito Empresarial, chamada Propriedade Intelectual. Dentro da P.I., é onde conseguimos proteger invenções, a exclusividade da sua marca, de um design, de uma embalagem. Tudo isso para você ter uma segurança jurídica de que aquele ativo intangível é um patrimônio exclusivamente seu. De forma clara, é essa exclusividade jurídica que te permite: usar, licenciar, franquear e multar qualquer contrafação (cópias) que existam da sua marca, desenho, arte, produto ou invenção”, explicou Débora Rocha, head de marketing na Totall Marcas & Patentes.

A Totall Marcas é uma empresa que não atua de forma a realizar trabalhos visuais e gráficos relacionados a marca, porém Débora ressalta a importância de ter o diferencial. A empresa atua de forma a realmente tornar seu negócio uma marca. Tanto para se destacar, quanto para não ter problemas de ordem judicial (por algum nome igual ou parecido por exemplo).

“Quando falamos que trabalhamos com marcas, é no sentido de realmente tornar o seu negócio uma marca. A marca vem de marcar, por isso sempre deixamos claro a importância da autenticidade na hora de escolher um nome, de ter diferenciais claros dos concorrentes para conseguir a exclusividade.”

Débora também falou sobre como a Totall Marcas faz para ajudar os clientes protegerem corretamente o nome de seu comércio. Dado o primeiro passo, que é o registro de marca, a empresa começa a desenhar diversos tipos de estratégias à partir disso.

“Além do Registro da Marca, que é o mais importante, também desenhamos estratégias para contratos com compliance, estratégias de licenciamento e franquia e em alguns casos, realizamos o domínio do site, mas não é um serviço tão usual. É comum ver esse serviço ofertado em agências, que também são as que realizam identidade visual das marcas. Além disso, também realizamos o registro em vários países e temos parcerias estratégicas em áreas como: internacionalização, contábil, agências de comunicação e muitas outras.”

Outro ponto destacado por Débora foi como o empresário deve se proteger em uma possível fraude, por exemplo em uma situação onde o concorrente utiliza um nome igual ou parecido já registrado por ele (empresário).

“No caso de contrafações, que são as cópias, existem algumas formas de resolver: sempre quando se percebe essa cópia, enviamos uma notificação extrajudicial informando que possuímos o registro. Na grande maioria dos casos, a empresa recua e retira a marca dos seus canais de comunicação. Nesse mesmo caso, se não conseguimos êxito com a notificação extrajudicial, partimos para uma notificação judicial, onde o copiador (na maioria dos casos) é multado por uso indevido de marca e paga uma indenização a empresa/pessoa prejudicada. Se configura como concorrência desleal ou parasitária, que é crime no Brasil. Agora, se uma empresa entrar com o pedido no INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial, autarquia federal responsável por receber todos os pedidos relacionados a proteção industrial, e assim, registrar as marcas) que seja colidente com a sua marca, usamos a oposição para se manifestar contra esse processo, normalmente os pedidos feitos anteriormente têm a prioridade em conseguir o registro, são raras as exceções.”

Comentários