Tudo bem... sabemos que vivemos os dias mais difíceis da história com problemas sem precedentes para a maioria dos empresários do setor de bares e restaurantes.

É verdade também que a principal luta neste momento tem sido para sobreviver diante dos momentos turbulentos e incertos que, infelizmente, tendem a se arrastar enquanto o ciclo de controle da pandemia não for finalizado.

Acredito que nestes tempos de crise os empresários são forçados a exercitar as suas melhores capacidades na gestão dos negócios, por mais difícil que isso possa parecer.

As reservas financeiras se esgotaram e o endividamento pode ter crescido, fazendo com que seja improvável pensar em questões como inovação nos processos, melhoria da experiência do cliente e diferenciação no mercado.

Mas uma característica inerente aos gestores do setor tem sido a enorme capacidade de inovar, desenvolvendo soluções criativas que geram resultados efetivos nas empresas: maneiras de reduzir custos; formas de aumentar a satisfação dos clientes; ideias para surpreender o mercado com novidades; como agregar valor aos produtos e serviços, dentre outras maneiras.

Se fizer uma retrospectiva na sua empresa, certamente você lembrará de muitas situações nas quais exercitou iniciativas de inovação. São momentos que teve aquela boa sensação de ver os clientes mais satisfeitos, ganhar aumento na lucratividade e ver o empreendimento mais admirado no mercado.

Então, mesmo em tempos de crise, devemos manter a capacidade de fazer uma gestão positiva, ou seja, não focar somente nos problemas e nas tantas coisas ruins que nos cercam nesses dias tão desafiadores da humanidade.

A superação ocorre quando, diante de problemas complexos, usamos otimismo e criatividade para ousar e fazer diferente, melhorar cada vez mais. Para isso, compartilho algumas dicas práticas que podem ser úteis para fazer essa diferença:

Atualize a análise estratégica do seu negócio, refletindo no momento atual sobre pontos fortes e pontos fracos, oportunidades e ameaças. Esse exercício é fundamental para organizar bem as informações da sua realidade no momento;

Defina no máximo três prioridades para o momento, considerando como otimizar os seus custos e despesas, como manter ou até mesmo aumentar as receitas, mesmo lidando com os cenários restritivos existentes;

Exercite empatia com o seu cliente, pensando como surpreender de forma positiva e memorável a experiência com a sua marca e produto.

Envolva a sua equipe no processo de pensar como seria possível encantar ainda mais os clientes, sem impactar nos custos e, talvez, até mesmo proporcionando agregação de valor;
Escute o seu cliente de forma sistemática. Além das pesquisas, que são fundamentais, interaja, pergunte e veja o que ele tem a contribuir sobre como sua empresa pode melhorar;

Coloque em prática o que for possível. Sempre existem melhorias possíveis. Faça isso com frequência. O mercado precisa de empreendedores inovadores, sedentos por fazer melhor. Seja um desses!

Acredite na história e nas inúmeras coisas boas que fez para chegar até aqui!

As dificuldades irão passar, te deixando mais forte como empreendedor.

*Richard Alves é sócio diretor do Lab Turismo

Comentários